Os 10 melhores jogos do Xbox clássico para matar saudade (2023)

O primeiro console da Microsoft, o Xbox, foi lançado em 15 de novembro de 2001, dando a muitos de nós, gamers, a impressão de que estamos realmente ficando velhos.

Lançado como o último console da sexta-geração de videogames, o Xbox (também chamado no Brasil de “Xbox Clássico”) teve que rivalizar com o Nintendo GameCube e o mamute da Sony, o PlayStation 2. Quando lançado, o Sega Dreamcast já havia saído do mercado ainda em abril de 2001, resultando em uma parceria entre a Sega e a Microsoft, de maneira que certos jogos só fossem lançados para a mais nova plataforma desta última.

O aftermatch para esta geração? Com o PlayStation 2 se tornando uma das plataformas mais vendidas da história, o novato Xbox ainda conseguiu superar por uma pequena fração o número de vendas do GameCube da pioneira Nintendo.

No período de quase 20 anos da marca, e com quatro consoles lançados até o momento, separamos uma lista com os 10 melhores jogos de Xbox para você jogar no próprio (sem uma ordem específica), ou pela retrocompatibilidade oferecida em um de seus sucessores.

Critérios: Tendo em vista uma boa parcela de títulos que permaneceram exclusivos para o primeiro Xbox até hoje, focamos em dar destaque a esses títulos em nossa lista, embora jogos multiplataforma não ficarão de fora. Para maior abrangência, selecionaremos um único game de uma franquia. Ao final da lista, acrescentamos alguns outros títulos que são dignos de nota.

Retrocompatibilidade: Muitos jogos do primeiro Xbox são retrocompatíveis com os seus três sucessores: Xbox 360, Xbox One, e Xbox Series X/S. Já que a retrocompatibilidade faz o uso de um emulador oficial e proprietário (de código fechado) da Microsoft, ressaltamos que alguns pequenos problemas gráficos e de renderização menores podem ocorrer quando não jogados no primeiro Xbox, mas que não atrapalham a jogabilidade.

Fora isso, seguimos a lista oficial da Microsoft de jogos compatíveis com os sucessores do Xbox original e, assim, colocaremos uma notinha no final de cada game para destacar o estado da sua retrocompatibilidade com os novos aparelhos, poupando a necessidade de jogar os games especificamente no primeiro Xbox.

Halo: Combat Evolved

Os 10 melhores jogos do Xbox clássico para matar saudade (1)

  • Desenvolvedora: Bungie
  • Gênero: Tiro em Primeira Pessoa (FPS)
  • Data de lançamento: 15 de novembro de 2001

O primeiro Halo foi lançado juntamente com o Xbox, tornando-o um excelente título de lançamento e fazendo com que muitos jogadores comprassem um Xbox especificamente para jogar o FPS da Bungie/Microsoft. Considerado o “killer app” da empresa, e o título de FPS mais relevante desde GoldenEye 007 para Nintendo 64, Halo popularizou ainda mais jogos do gênero, tendo sido utilizado como “blueprint” para os jogos que vieram a suceder. Embora existam outras formas de jogar o clássico da empresa – tanto em consoles como no PC -, a versão de Xbox continua relevante por conter um modo cooperativo off-line de 2 jogadores, permitindo que toda a campanha seja feita em conjunto com um amigo.

E não foi fácil escolher entre o primeiro ou o segundo título para o Xbox clássico, mas achamos justo incluir o primeiro, tendo em vista o impacto causado por este na indústria dos jogos de FPS.

Retrocompatibilidade: Pode ser jogado normalmente no Xbox 360. A versão “Halo: Combat Evolved Anniversary” (de Xbox 360 e Xbox One) e a compilação “Halo: The Master Chief Collection” exclusiva para Xbox One, podem ser jogadas nas plataformas vigentes (Xbox One e Xbox Series X/S)

Exclusividade: Não é exclusivo para Xbox. Em 2003, foi lançada uma versão para Microsoft Windows. Posteriormente, o título foi relançado para Xbox 360 e Xbox One nas formas citadas acima.

Forza Motorsport

Os 10 melhores jogos do Xbox clássico para matar saudade (2)

  • Desenvolvedora: Turn 10 Studios
  • Gênero: Simulador de corrida
  • Data de lançamento: 3 de maio de 2005

Sempre fui grande fã da franquia Gran Turismo – exclusiva para os consoles da Sony. E, sinceramente, sempre preferi jogos de simulação de corrida aos jogos de corrida arcade. Achava que Gran Turismo 4 fosse o melhor simulador de corrida que se poderia encontrar em consoles dessa geração. Como um gamer retrô, só fui jogar o primeiro Forza Motorsport em 2018, especificamente em sua plataforma original. O resultado? Completei quase que a campanha toda – exceto pelas longas corridas endurance presentes no fim dela.

Forza Motorsport foi desenvolvido por um grupo de fãs do Gran Turismo original de PlayStation. A ideia era fazer um simulador de corrida para rivalizar diretamente com Gran Turismo. E há grandes melhorias feitas aqui em relação ao GT. Por exemplo, em uma colisão veicular, os vidros dos carros quebram e danos no corpo do veículo são notáveis – em Gran Turismo 4, quando carros sofrem um impacto, não há qualquer sinal notável. Outro destaque vai para a inteligência artificial (IA) de Forza: enquanto em Gran Turismo os carros parecem correr em uma espécie de fila, aqui os veículos rivais vão tentar de tudo para colocar o jogador para fora da pista.

Embora existam muitas continuações de sucesso, o primeiro Forza Motorsport continua sendo um dos jogos mais dignos a serem revisitados no Xbox clássico.

Retrocompatibilidade: O primeiro Forza Motorsport é retrocompatível no Xbox 360, mas rodando em uma taxa de quadros moderadamente inferior se comparado com a experiência no console original. Até a data deste artigo, Forza Motorsport não é retrocompatível com o Xbox One ou Xbox Series X/S

Exclusividade: O primeiro Forza Motorsport é um exclusivo lançado apenas para o Xbox.

Doom 3

Os 10 melhores jogos do Xbox clássico para matar saudade (3)

  • Desenvolvedora: id Software/ Vicarious Visions
  • Gênero: Tiro em Primeira Pessoa
  • Data de lançamento: 3 de abril de 2005

A versão de Doom 3 da id Software para Xbox, foi adaptada pela experiente desenvolvedora Vicarious Visions, que nos últimos anos tem feito as remasterizações dois três primeiros Crash Bandicoot (Crash Bandicoot N. Sane Trilogy), dos dois primeiros jogos da franquia Tony Hawk (Tony Hawk’s Pro Skater 1 + 2), e do clássico hack-and-slash/RPG de ação, Diablo II (Diablo II: Resurrected). Assim como Half-Life 2 foi tão somente adaptado do PC para o Xbox durante essa geração, Doom 3 também recebeu uma adaptação para o videogame.

Com fases levemente simplificadas para as limitações do console (em relação ao original de PC), o FPS da id Software roda perfeitamente bem no Xbox, com ótimos gráficos e um ótimo esquema de controle. Para satisfazer ainda mais o jogador, os dois primeiros “Dooms” (The Ultimate Doom e Doom II) estão inclusos na versão para Xbox. É sem dúvidas, uma das melhores adaptações de PC para console já feitas, mantendo toda a glória do game original, pois o autor que vos fala garante que é um título que não pode faltar no seu Xbox.

Sua expansão, “Resurrection of Evil”, foi posteriormente lançada para o Xbox clássico no final de 2005 em forma de uma expansão standalone.

Retrocompatibilidade: O Doom 3 para Xbox, pode ser jogado normalmente no Xbox 360. Já os donos de Xbox One e Xbox Series X/S, devem recorrer à remasterização “Doom 3: BFG Edition”, lançada para Xbox 360.

Exclusividade: Apesar de Doom 3 não ser um exclusivo para Xbox (tendo sido lançado em várias plataformas e PC desde seu lançamento), essa adaptação inclui particularidades não vistas na versão original, e na remasterização BFG Edition. Destas particularidades, se destaca o level design adaptado para as limitações do Xbox. Independentemente da plataforma a ser jogado, é um clássico híbrido de survival horror e tiro em primeira pessoa que merece ser revisitado.

Grand Theft Auto: Vice City

Os 10 melhores jogos do Xbox clássico para matar saudade (4)

  • Desenvolvedora: Rockstar Games
  • Gênero: Mundo aberto/ação-aventura
  • Data de lançamento: 31 de outubro de 2003

É de conhecimento geral que os três primeiros GTAs em 3D receberam adaptações para o primeiro Xbox. A qualidade dos três títulos é inigualável, sendo uma das melhores memórias que gamers possuem dessa geração. Enquanto Grand Theft Auto: San Andreas é visto por muitos como o melhor dessa trilogia em qualquer que seja a plataforma jogada, o “port” de San Andreas no Xbox é muito mais parecido com a versão para PC, não tendo nenhuma particularidade no primeiro Xbox. Por outro lado, as versões de GTA III e Vice City receberam um melhor tratamento na plataforma da Microsoft, com modelos dos personagens, carros, e climatização completamente refeitos em comparação com as versões de PS2 e PC. E embora GTA III esteja maravilhoso no Xbox, destacamos Vice City, que também é considerado até hoje como um dos melhores títulos de toda a franquia e que dispensa grandes comentários.

Retrocompatibilidade: Caso possua a versão de Vice City do Xbox, você pode aproveitar em HD perfeitamente no seu Xbox 360. Para quem apenas possui o Xbox One e o Xbox Series X/S, infelizmente não há disponibilidade qualquer nessas plataformas – pelo menos não até a data desde artigo.

Exclusividade: Como é bem sabido, os três primeiros títulos em 3D da franquia Grand Theft Auto (incluindo o presente Vice City) podem ser jogado em uma ampla gama de plataformas, mas as versões de GTA III e Vice City possuem as já mencionadas “exclusividades” que fazem valer a pena conferir no Xbox. Por outro lado, os fãs mais árduos dos três primeiros títulos, consideram o PlayStation 2 a “plataforma ouro” para se jogar GTA, então temos aqui uma questão de ampla subjetividade.

OutRun 2

Os 10 melhores jogos do Xbox clássico para matar saudade (5)

  • Desenvolvedora: Sega AM2/ Sumo Digital
  • Gênero: Corrida/”drifting”
  • Data de lançamento: 1 de outubro de 2004

OutRun 2 é um daqueles títulos que consegue superar em tudo o original. Sendo uma reeimaginação do clássico OutRun de 1986, OutRun 2 foi primeiro lançado nos arcades em 2003, com Xbox recebendo o “port” no ano seguinte. Para aqueles que nunca ouviram falar da série, OutRun 2 possui muito mais ênfase na realização de “drifts” em alta velocidade em uma ampla quantidade de “fases”, do que ser um jogo de corrida padrão. Assim, o objetivo principal (no seu modo padrão) é chegar até o final da fase o mais rápido possível. Em determinado ponto, o jogador deverá escolher entre ir para o lado esquerdo (que é o caminho mais fácil, e com menor quantidade de curvas), ou seguir pelo lado direito (sendo mais difícil). Isso proporciona um amplo valor replay, com múltiplos cenários para atravessar, e finais diferentes – no melhor estilo cheesy, já que estas cutscenes involvem o protagonista tentando agradar a namorada.

Num primeiro momento, OutRun 2 pode parecer difícil, visto que não se trata de um jogo de corrida tradicional. Mas após se pegar o jeito, você vai notar que é de longe um dos melhores games da plataforma.

Retrocompatibilidade: OutRun 2 é oficialmente retrocompatível com o Xbox 360. Por outro lado, não é possível jogar em plataformas sucessoras a esta última.

Exclusividade: É complicado. Na prática, OutRun 2 é sim um exclusivo de console, já que só havia sido originalmente lançado no fliperama. E digo “na prática” porque em 2006, uma nova versão revisada nomeada de “OutRun 2006: Coast 2 Coast”, foi lançada para PlayStation 2, PSP, Windows, e o próprio Xbox. Essa versão inclui novas pistas, e diferenças da primeira versão. Mas o OutRun 2 original possui conteúdo extra não incluso na revisão citada, como trilhas bônus do Daytona USA 2 e Scud Race: Super GT, e o primeiro OutRun completo como desbloqueável, detalhes completamente removidos de Coast 2 Coast. Adicionalmente, o Xbox se assemelha mais às capacidades do arcade original do que o PlayStation 2 e o PSP. Há longos debates na internet sobre qual versão “é a melhor”, mas tendo jogado as versões disponíveis para PS2 e Xbox, posso seguramente indicar a exclusiva de Xbox, OutRun 2, como uma adaptação com praticamente 100% de fidelidade em relação à versão do arcade.

Panzer Dragoon Orta

Os 10 melhores jogos do Xbox clássico para matar saudade (6)

  • Desenvolvedora: Smilebit
  • Gênero: Rail shooter
  • Data de lançamento: 19 de dezembro de 2002

Após o fracasso comercial do Dreamcast, a Sega abandonou completamente a indústria de consoles de videogame caseiros, se voltando a fazer apenas software. Durante os primeiros anos do Xbox, a plataforma recebeu vários títulos da Sega com exclusividade (inclusive de PC). Dos títulos que não receberam revisão, remake, ou adaptação para uma nova plataforma, encontra-se Panzer Dragoon Orta, clássico rail shooter, e considerado um dos melhores do gênero até hoje. A franquia permanecia dormente desde Panzer Dragoon Saga, um action-RPG lançado apenas no Sega Saturn em 1998. Orta, que seria lançado como exclusivo de Dreamcast, viu lindos gráficos para sua época, bela trilha sonora, jogabilidade consistente/precisa e um enredo que se encaixa perfeitamente no gênero. Recebeu aclamação pela crítica com unamidade.

Retrocompatibilidade: Apesar de ainda não ter recebido qualquer renovação, Panzer Dragoon Orta é totalmente retrocompatível com Xbox 360, Xbox One, e Xbox Series X/S.

Exclusividade: Panzer Dragoon Orta é um jogo exclusivo encontrado apenas no Xbox.

Conker: Live & Reloaded

Os 10 melhores jogos do Xbox clássico para matar saudade (7)

  • Desenvolvedora: Rare
  • Gênero: Plataforma
  • Data de lançamento: 21 de junho de 2005

Em 2002, a Microsoft fez a compra de uma das second-parties mais importantes da Nintendo: a Rare. Apesar da compra da famosa desenvolvedora inglesa, a Rare, Microsoft, e a estadunidense THQ, chegaram a um acordo que permitisse que a antiga companhia da Nintendo pudesse desenvolver jogos para os portáteis vigente daquela época – o Game Boy Advance e o DS. Ainda que tivesse se tornado uma first-party da Microsoft com a aquisição total, a grande empresa de Bill Gates não parece ter visto, muito estranhamente, um problema nisso.

Durante seus primeiros anos trabalhando para a Microsoft, a Rare desenvolveu apenas dois jogos para o primeiro Xbox. O primeiro era Grabbed by the Ghoulies, um jogo de ação-aventura/beat them up que estava em desenvolvimento originalmente para o GameCube, menos expressivo em qualidade que os demais títulos da Rare. O segundo e último na plataforma, tratava-se de um remake de Conker’s Bad Fur Day, de Nintendo 64. Como é chamado, Conker: Live & Reloaded, é considerado um dos melhores e mais bonitos jogos de Xbox já lançados, com gráficos tão caprichados que praticamente se equipara a alguns títulos lançados para as plataformas atuais. Além da campanha de um jogador presente aqui, Live & Reloaded tinha um novo modo multiplayer exclusivo para o Xbox, sendo um dos jogos online mais jogados no Xbox até 2007. Em contrapartida, e por alguma estranha razão, o título chegou a ser censurado em sua versão de Xbox, provocando um certo estranhamento nos fãs do clássico original. Ainda sim, é a melhor e única versão de reviver o Conker de Nintendo 64 com gráficos inteiramente novos.

Retrocompatibilidade: É oficialmente retrocompatível com o Xbox 360, Xbox One, e o Xbox Series X/S.

Exclusividade: Se é exclusivo? Sim e não. Conker: Live & Reloaded é um remake do clássico Conker’s Bad Fur Day de 2000, originalmente do Nintendo 64. Por meios oficiais, o servidor online de Live & Reloaded foi desativado há algum tempo. Então se você não se importa com alguns aspectos censurados em relação ao original mas quer o jogo com visuais refinados, essa é a melhor opção. Digno de nota, Conker’s Bad Fur Day foi relançado para Xbox One na excelente coletânea Rare Replay, de 2015.

Jet Set Radio Future

Os 10 melhores jogos do Xbox clássico para matar saudade (8)

  • Desenvolvedora: Smilebit
  • Gênero: Ação, esportes, aventura e plataforma
  • Data de lançamento: 25 de fevereiro de 2002

Sendo mais um dos exclusivos da Sega para o sucessor espiritual do Dreamcast, o próprio Xbox, Jet Set Radio Future é a sequel do clássico Jet Set Radio. Com um design único e sendo a franquia pioneira na utilização de gráficos cel-shaded (aqueles mesmos gráficos cartunescos de The Legend of Zelda: Wind Waker), JSRF volta a ser ambientado em uma cidade de Tokyo futurista, sendo uma mistura de vários estilos de gêneros. Muito infelizmente, embora JSRF tenha se tornado um “clássico cult”, aclamado pelos fãs da franquia de curta duração e até tenha recebido avaliações extremamente positivas na época de seu lançamento, chegou a ter pouco mais de 100.000 unidades vendidas no Japão e nos Estados Unidos combinados, tornando-o também um dos games mais raros e caros de todo o catálogo de jogos do Xbox.

Retrocompatibilidade: É oficialmente retrocompatível com o Xbox 360. Não é possível, no entanto, jogar o mesmo no Xbox One, ou no Xbox Series X/S

Exclusividade: É um jogo 100% exclusivo de Xbox. Embora tenha ganho o papel de um dos games que mais definiram o console, encontrar uma cópia original deste é difícil e caro, razão atribuída ao pequeno número de vendas na época em que o Xbox era um console vigente, há quase 20 anos.

The Elder Scrolls III: Morrowind

Os 10 melhores jogos do Xbox clássico para matar saudade (9)

  • Desenvolvedora: Bethesda Game Studios
  • Gênero: Mundo aberto, RPG de ação
  • Data de lançamento: 6 de junho de 2002

O terceiro título da antiga e renomada franquia de RPGs de ação em primeira pessoa, viu seu lançamento no Xbox, tendo sido lançado um mês depois da versão para PC. Morrowind no Xbox roda perfeitamente bem, e embora não seja modificável como no PC com seus muitos “mods” e rodando em uma resolução inferior se comparada com a versão para computador, continua ocupando praticamente todas as listas de melhores jogos de Xbox já lançados. Não só pela nostalgia, mas pela qualidade e o quão bem Morrowind roda na plataforma da Microsoft, não sendo de forma alguma uma versão “achatada” para console, já que as especificações do videogame eram muito compatíveis com as de um PC daquela época. Mas se seu computador não era capaz de rodar um Morrowind, jogar no Xbox era a melhor alternativa, pois não difere muito do original de PC.

Retrocompatibilidade: The Elder Scrolls III: Morrowind é retrocompatível com todos os três sucessores do Xbox clássico: Xbox 360, Xbox One, e Xbox Series X/S

Exclusivo: Morrowind não é um exclusivo de Xbox, sendo a versão de PC a melhor forma de aproveitar o clássico de 2002 da Bethesda, especialmente devido os vários mods lançados ao longo desses anos.

Fable

Os 10 melhores jogos do Xbox clássico para matar saudade (10)

  • Desenvolvedora: Big Blue Box Studios
  • Gênero: RPG de ação
  • Data de lançamento: 14 de setembro de 2004

Enquanto a Nintendo ostentava bem a sua clássica franquia The Legend of Zelda como uma das maiores exclusividades dessa geração, a Sony buscava ter como resposta títulos como Okami e, em certa medida, Shadow of the Colossus. Em resposta aos concorrentes do PlayStation 2 e GameCube, Fable é um RPG de ação desenvolvido pela Big Blue Box Studios e publicado pela Microsoft Game Studios, originalmente desenvolvido para Dreamcast. Assim como em Zelda, o protagonista que é conhecido como “The Hero of Oakvale”, precisa seguir a história principal, além de poder completar várias side-quests que não são diretamente ligadas o enredo principal. Em contraste à maioria de Zeldas lançados da época, Fable é um jogo extremamente longo e com um enredo muito mais adulto – com destaque para a classificação “Mature” empregada pela ESRB na capa do jogo – de extrema qualidade. Com três títulos principais já lançados e alguns spin-offs, um novo jogo da franquia principal, que começou aqui no Xbox, será lançado – por enquanto sem data definida.

Retrocompatibilidade: Fable de Xbox é retrocompatível com o Xbox 360. A versão Anniversary Edition para Xbox 360, é totalmente retrocompatível com os consoles mais novos, Xbox One e Series X/S.

Exclusivo: Não é exclusivo de Xbox. A primeira versão para Windows/PC, foi lançada em 2005.

Menções honrosas

Jogos de Xbox que ficaram fora da lista, mas que também merecem ser mencionados:

  • Black
  • Burnout 3: Takedown
  • Dead or Alive 3
  • Ninja Gaiden Black
  • TimeSplitters 2
  • Tony Hawk’s Pro Skater 2X
  • Project Gotham Racing 2
  • Psychonauts
  • SoulCalibur 2
  • Shenmue 2
  • Silent Hill 2: Restless Dreams

Leituras recomendadas

Matérias do El Hombre relacionadas ao assunto que você pode se interessar também:

  • Nostalgia: os 20 melhores jogos de Nintendo 64 para matar a saudade
  • Os 5 melhores jogos clássicos de estratégia em tempo real
  • Os 6 melhores jogos de construção e gerenciamento

➤ Inscreva-se nocanal do El Hombre no YouTube para vídeos diários de estilo, lifestyle e desenvolvimento pessoal.

Top Articles
Latest Posts
Article information

Author: Fr. Dewey Fisher

Last Updated: 16/12/2023

Views: 5869

Rating: 4.1 / 5 (42 voted)

Reviews: 81% of readers found this page helpful

Author information

Name: Fr. Dewey Fisher

Birthday: 1993-03-26

Address: 917 Hyun Views, Rogahnmouth, KY 91013-8827

Phone: +5938540192553

Job: Administration Developer

Hobby: Embroidery, Horseback riding, Juggling, Urban exploration, Skiing, Cycling, Handball

Introduction: My name is Fr. Dewey Fisher, I am a powerful, open, faithful, combative, spotless, faithful, fair person who loves writing and wants to share my knowledge and understanding with you.